Subscribe:

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Agripino sobre discurso de Dilma: única novidade foi presença dela na tribuna do Senado

O presidente nacional do Democratas, José Agripino (RN), disse que a única novidade do discurso da presidente afastada Dilma Rousseff, na manhã desta segunda-feira (29), no Senado, foi a presença da petista na tribuna da Casa. Do resto, segundo o parlamentar pelo Rio Grande, foi uma sucessiva repetição de argumentos. “A única novidade trazida por Dilma no discurso de defesa foi sua inédita presença na tribuna do Senado. Renovou os repetidos argumentos e pronunciou um apelo final vazio de conteúdo e até de convicção”, destacou.

Na presença de senadores, jornalistas e convidados da petista – entre eles ex-ministros; o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva; e o cantor Chico Buarque -, Dilma voltou a negar que tenha cometido crime de responsabilidade e disse que o processo de impeachment é um “golpe”. Em mais de 40 minutos, a presidente afastada também disse que foi vítima de uma chantagem do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha.

Em discurso no Senado, Dilma se defende dizendo que não cometeu crimes de responsabilidade

A presidente afastada Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira (29), em discurso de 46 minutos, para defesa própria no julgamento do impeachment no Senado, que é alvo de um “golpe de estado” e que não cometeu os crimes de responsabilidade pelos quais é acusada.

Segundo ela, só os eleitores podem afastar um governo “pelo conjunto da obra”.

O pronunciamento da presidente afastada antecede as três últimas etapas do julgamento – o interrogatório de Dilma pelos senadores, o debate entre acusação e defesa e a votação do impeachment pelos parlamentares.

No discurso, Dilma disse que “jamais” renunciaria e que é alvo de um “golpe de estado”: “Estamos a um passo da concretização de um verdadeiro golpe de estado. Do que eu fui acusada? Quais os crimes hediondos que eu pratiquei?”, indagou. 

Em Riacho vereador Borracheiro destaca que as crianças são bem atendidas em creche modelo

Durante a movimentação política de ontem à noite, o presidente da câmara municipal de Riacho da cruz, o vereador Borracheiro destacou que as crianças do municípios são bem atendidas na creche modelo, respondendo às críticas da oposição:

Nossas crianças são bem atendidas na creche, a oposição não pode dizer que em Riacho da Cruz não tem educação, isso é uma inverdade”, lembrou Borracheiro.

O Presidente lembrou também que a creche pró-infância de Riacho foi uma das primeiras a funcionar no estado e tendo como grandes lutadores para trazer a creche para o Riacho os ex-prefeitos Marcos Aurélio e a atual prefeita Bernadete Rêgo. 

Com presença de Walter Alves, Alan e Hortência realizam passeata e comício em Apodi

A coligação “Renovação e Esperança” realizou, na noite deste domingo (28), uma das maiores mobilizações políticas desta campanha em Apodi, a 328 quilômetros de Natal. Com a participação do deputado federal Walter Alves (PMDB), a chapa formada pelo candidato a prefeito Alan Silveira (PMDB) e a candidata a vice-prefeita Hortência (PSDB) recebeu apoio de milhares de pessoas que participaram de uma passeata e comício.

A movimentação estava marcada para começar às 19h, mas ainda no período da tarde, os apoiadores da chapa batizada carinhosamente pelo povo de “Hortelã” já estavam nas ruas convocando a população. À noite, uma “onda verde” invadiu Apodi.

O deputado federal Walter Alves caminhou ao lado do povo e participou do comício realizado na Praça Robson Lopes. O “mar de gente” surpreendia. “Apodi vai eleger uma chapa formada por dois jovens competentes que têm compromisso com o futuro dessa cidade. Vamos renovar e fazer Apodi caminhar para frente”, disse Walter durante discurso.

Alan e Hortência realizam mais uma grande mobilização em Apodi

Ontem 28, foi a vez de Alan (PMDB) e Hortencia (PSDB) lotarem as Ruas de Apodi em mais uma grande concentração, que movimentou todo município, os peemedebistas tradicionais foram as Ruas de verde, para confirmar apoio aos seus candidatos.

Com a campanha curta, as movimentações são poucas, mas gigantescas, cada uma maior que a outra, daqui para o dia 02 de outubro ainda acontecerão outras gigantescas.



Cristolisson Sales: “Jamais vou ficar contra minha irmã”

O empresário Cristolisson Sales respondeu comentários e críticas da oposição de Olho d’Água, que o empresário não apoiava sua irmã a candidata a vice-prefeita Leana Sales:

Essa é mais uma inverdades dessa oposição derrotada, de um histórico de derrota e com certeza vai somar outra derrota, jamais vou ficar contra minha irmã, que é uma das pessoas que mais amo nesse mundo”.

O empresário agradeceu o apoio da família e lembrou que Leana Sales vai ajudar a Brenno Queiroga nessa nova gestão.

Assembleia presta homenagem aos 10 anos da Lei Maria da Penha

Promulgada no dia 7 de agosto de 2006, a Lei Maria da Penha, criada com o objetivo de coibir a violência doméstica e familiar contra a mulher, completa uma década e para marcar a data a Assembleia Legislativa vai realizar sessão solene. O evento acontece nesta quarta-feira (31), às 9h, no Plenário Clóvis Motta, numa iniciativa da deputada Cristiane Dantas (PCdoB).

A promulgação da lei foi um momento importante na luta contra a violência doméstica, mas precisamos avançar ainda mais para termos uma cultura de paz, empoderamento e dignidade para as mulheres”, destacou a parlamentar, cujo mandato defende políticas públicas na área, como a instituição do mês de agosto como Mês de Proteção à Mulher e a criação da Patrulha Maria da Penha.

Em Riacho, Bernadete e Adiel realizaram um dos maiores comício da história do município


Multidão, alegria e muito entusiasmo marcaram o primeiro evento oficial de campanha dos candidatos da Coligação “Confiança para fazer mais” encabeçados pela chapa Bernadete Rêgo e Adiel.

Uma verdadeira Multidão foram as ruas numa grande passeata que percorreu as principais avenidas e ruas da cidade. De vermelho, o povo de Riacho da Cruz fez uma grande festa durante todo trajeto.
Essa foi uma das maiores movimentação política, disparada, do pleito e uma das maiores da história política de Riacho da Cruz.

Estiveram Presentes o deputado Getúlio Rêgo, os ex-prefeitos Marcos Aurélio, Vilene Rêgo, ex-vice prefeito Negão, os vereadores e candidatos a vereadores e outras lideranças políticas.



Vamos tratar Dilma com respeito, mas não aceitaremos provocações, diz Agripino

O presidente nacional do Democratas, José Agripino (RN), disse que na sessão do impeachment desta segunda-feira (29), que ouvirá a presidente afastada Dilma Rousseff, a base do governo irá tratar a petista com o respeito que ela merece, mas que não aceitará provocações por parte do PT e aliados. “Vamos tratar a presidente afastada com todo respeito que ela merece como pessoa e como presidente, mas não vamos aceitar provocações. Se existirem, serão respondidas à altura”, destacou o parlamentar pelo Rio Grande do Norte. “De nossa parte não será praticada nenhuma beligerância, mas, repito, não aceitaremos provocações para tentarem criar fatos novos”, continuou o presidente nacional do DEM.

Ao contrário da presidente afastada, que levará ao Senado uma comitiva de 35 pessoas, José Agripino disse que a base do governo não pretende levar convidados específicos. “Não temos lista de convidados. Se pessoas quiserem vir para ocupar, entre os 35, essa posição, serão muito bem-vindas. Quem tem a preocupação de trazer convidados é a presidente Dilma. A preocupação que temos é a que todos os senadores estejam presentes, possam formular perguntas respeitosas e que a sessão ocorra em normalidade”, concluiu.

Rogério Marinho propõe reforma na educação e na formação de professores

“O PT ao longo de 13 anos deixou um legado de equívocos na educação”. A opinião é do deputado federal Rogério Marinho, presidente de honra do PSDB no Rio Grande do Norte. Ainda de acordo com o parlamentar, o Brasil “não tem ensino eficiente e quase nenhum avanço pode ser constatado na melhoria da qualidade”. O tucano defende a realização de uma reforma no sistema educacional e na formação de professores.

Em artigo divulgado neste final de semana, Rogério diz que “não se pode almejar educação de qualidade sem levar em conta a aprendizagem dos estudantes, retratada pelos índices de proficiência em disciplinas centrais do conhecimento, tais como a própria língua materna e a Matemática. O PT preferiu fomentar apenas demandas coorporativas e eleitoreiras”.

Urge uma ampla reforma educacional, em todas as etapas de ensino e centrada em modificações na gestão, nos recursos pedagógicos, na formação dos professores e nas práticas de ensino”, acrescenta. Leia o texto completo abaixo.

domingo, 28 de agosto de 2016

Prefeito Brenno Queiroga e Leana Sales arrastam multidão em Olho d’Água do Borges


A primeira arrastão do prefeito e candidato à reeleição, Brenno Queiroga (PMDB), arrastou, na noite de ontem, Sábado (28), uma multidão bacuraus pelas ruas de Olho d’Água do Borges, em uma verdadeira maratona política que cruzou as ruas de Olho d’Água.

O arrastão começou na rua Raimundo Nonato e percorrendo as principais de Olho d’Água e terminou na praça da vitória com a presença dos vereadores, o ex-prefeito Aroldo e outras lideranças.

Moro receberia quase 54% dos votos em eleição para presidente, mostra pesquisa

Ele diz que não pensa nisso, mas popularidade não lhe falta. No levantamento feito na semana passada pelo instituto Paraná Pesquisas, quase 54% dos entrevistados disse que votariam no juiz Sérgio Moro para presidente, caso ele concorresse.

sábado, 27 de agosto de 2016

Em Riacho da Cruz Domingo tem Moranguinho!


Renan pode votar pelo impeachment por causa de bate-boca com Gleisi

O bate-boca com aliados da presidente afastada Dilma Rousseff, ontem, pode fazer com o que o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) vote a favor do impeachment, segundo interlocutores do parlamentar. O governo do presidente em exercício, Michel Temer, vem pressionando Renan para que apoie a deposição de Dilma. São necessários 54 votos, mas por ora 49 senadores se declararam favoráveis à cassação.

Elijane e Raimundo fazem passeata em Umarizal de Barreira à Barreira


Em Umarizal, os candidatos pela Coligação "Muda Umarizal", Elijane (DEM) e Raimundo (PPS), candidata a prefeita e vice-prefeito, respectivamente, reuniram uma grande multidão pelas ruas de Umarizal na noite de ontem.

A Manifestação contou com a presença do deputado Getúlio Rêgo, o medico Dr. Vital e outras lideranças e candidatos a vereadores.

Na ocasião, Elijane e Raimundo foram recebidos com euforia pela nação bicuda de Umarizal, que ouviram atentamente as propostas de trabalho dos candidatos oposicionistas destacadas nos discursos proferidos.


Garibaldi: Dilma paga preço por desprezar ex-ministros

O senador Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN) foi ministro da Previdência do primeiro governo de Dilma Rousseff. Indicado pelo PMDB, comandou a pasta de janeiro de 2011 a janeiro de 2015. Na tarde desta sexta-feira (26), Garibaldi assistia, solitário em uma cadeira do plenário do Senado, à segunda sessão de julgamento do impeachment de sua ex-chefe.

Ele votará pela cassação de Dilma. Questionado pela Folha de S.Paulo sobre quantas vezes foi recebido por ela para um despacho no Planalto, o ex-ministro responde: “Nenhuma”. Segundo o senador, assuntos de sua pasta eram discutidos somente com Gleisi Hoffmann (PT-PR), então ministra da Casa Civil do governo Dilma e hoje senadora da tropa de choque anti-impeachment.

“Apesar do respeito que tenho pela Gleisi, você se sente mais prestigiado ao despachar com a presidente”, diz Garibaldi. “Eu tenho uma frustração, não tenho raiva dela (Dilma). Quando encerrou meu período no governo, pensei que iria me chamar pessoalmente, mas ela me telefonou”, relembra o ex-ministro.

Ele diz que vota pelo impeachment porque concorda com as acusações contra a petista, mas admite: “Há também o componente da frustração, o conjunto da obra”.

Garibaldi aproveita a conversa para contar o que sempre quis falar a Dilma numa reunião de trabalho: “Gostaria de ter sugerido a ela uma ampla reforma da Previdência. Isso só poderia ser feito num despacho com a presidente, diretamente”.

Ele é um dos seis senadores pró-impeachment que integraram o ministério de Dilma. Seis votos que poderiam ajudar a salvá-la diante de uma estimativa de placar entre 59 e 61 votos pela cassação — o mínimo exigido para o impeachment é de 54.

Dilma vai discursar no Senado na segunda (29) pela manhã. Garibaldi diz que a presença dela não deve mudar seu voto. “Eu poderia até votar contra o afastamento se ela tivesse me conquistado, me sensibilizado”.

Olho d'Água acontece Hoje o Bacurau Folia


Trânsito na Esplanada será interrompido segunda-feira devido ao julgamento de Dilma

O trânsito na Esplanada dos Ministérios (Vias S1 e N1) será bloqueado nos dois sentidos, na próxima segunda-feira (29), pelo governo do Distrito Federal devido à sessão de julgamento da presidente afastada, Dilma Rousseff, no Senado Federal. Dilma Rousseff deverá comparecer ao Senado nesta data, para se defender.

Segundo a Diretoria-Geral do Senado, a partir das 0h01 de segunda-feira, o trânsito será desviado para as Vias S2 e N2, paralelas à Esplanada. O trânsito será normalizado quatro horas depois do final da sessão. A Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal poderá liberar o trânsito antes do previsto se não houver manifestações em frente ao Congresso Nacional.

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Temos que ter equilíbrio para não cairmos nas provocações dos petistas, diz Agripino sobre impeachment

O presidente nacional do Democratas, José Agripino (RN), acusou os petistas de provocarem o Senado Federal a fim de, a todo custo, tentarem procrastinar a etapa final do processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. Após uma manhã tumultuada e de ânimos exaltados na Casa, o senador pelo Rio Grande do Norte disse que é imprescindível que a Casa mantenha o equilíbrio e não caia nas provocações dos petistas.

É preciso que tenhamos a consciência de que ‘o jogo já está jogado’ e que, por isso, não devemos cair nas provocações que os petistas e aliados fazem”, destacou. Agripino afirmou ainda que, devido à gravação de um documentário que contará a história do impeachment, os aliados de Dilma Rousseff estão atuando de forma a tentarem convencer de que o afastamento é um “golpe”, tese refutada desde o início pelo presidente nacional do DEM.

Os petistas estão com script bem desenhado, atores adestrados, buscando, pela provação, a criação de fatos novos a fim de mudarem o curso do julgamento, o que não vão conseguir”, frisou. “Eles querem, a todo custo, captar algum momento que possa defender Dilma no futuro, o que até agora não aconteceu”, continuou.

Uma coisa é certa,em Olho d’Agua Bacurau só aumentando!

Prefeito e Candidato a reeleição Brenno Queiroga ao lado da sua Candidata a Vice Leana Sales vem organizado as maiores movimentações de Bairros da historia politica de Olho d’Agua, na noite de ontem, uma verdadeira multidão compareceram na Baixada.