Subscribe:

quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Riacho da Cruz: Prefeita Bernadete assina contrato com a CAIXA para a Conclusão das Obras na Casa de Cultura

"A cultura tem um papel importante para a população e para a cidade que busca investir e preservar a sua multiculturalidade". Com objetivo de garantir um espaço adequado para organização de eventos artísticos e oficiais na cidade, a Prefeita Bernadete Rêgo acompanhada da Secretaria Municipal de Turismo, Graça Rêgo e do Gerente da Caixa Econômica Federal, Ricardo Mariz assinou nesta quarta-feira (16/01) em Natal, o contrato que garante a liberação de recursos financeiros para a Conclusão da Casa de Cultura de Riacho da Cruz/RN.

As obras estiveram paradas durante vários anos e agora receberá investimentos do Ministério da Cultura para sua conclusão na rua 07 de setembro, prédio este que contará com auditório, salas de apoio, banheiros e garantirá a difusão das manifestações culturais, exposições e projetos culturais envolvendo toda população do município.

Seminário conclui com debate sobre gestão orçamentária e comunicação

O seminário sobre o processo legislativo realizado pela Assembleia Legislativa foi encerrado, na manhã desta quinta-feira (17), abordando temas como gestão financeira e orçamentária, gestão de pessoal e exposição sobre a comunicação. Participaram do evento deputados reeleitos, os deputados eleitos para o primeiro mandato, assessores e demais funcionários da casa.

A finalidade do evento foi aperfeiçoar o trabalho do legislativo estadual por meio de exposições didáticas sobre os diversos setores da casa. O objetivo é atualizar e fornecer informações aos participantes sobre o funcionamento da casa, estrutura administrativa e financeira, tramitação de proposições legislativas, normas vigentes e prioritárias, além da gestão de pessoal e orçamentária.

Sobre a gestão financeira, o Diretor Geral da assembleia, Augusto Viveiros, destacou o planejamento financeiro como estratégia para redução de custos. “Financeiramente, a assembleia consegue trabalhar com economicidade. A redução de custos, principalmente, com o setor pessoal permite ficar abaixo do limite prudencial e abaixo do alerta”, disse o diretor.

Prefeitura de Viçosa inicia cadastro para cortes de terra para agricultores

A Prefeitura de Viçosa, através da Secretaria Municipal de Agricultura já esta realizando os cadastros para os cortes de terra 2019.

Uma ação importante, uma parceria entre município e o homem do campo.

Os interessados deverão comparecer à Secretaria Municipal de Agricultura, de segunda a sexta-feira com o CPF em mãos.

Gestão tenta situação emergencial para sua propaganda

O Governo Fátima Bezerra (PT) trabalha para arrimar juridicamente situação emergencial que operacionalize a propaganda institucional do Estado.

No final da administração Robinson Faria (PSD), a licitação para a área foi abortada judicialmente, com valores que chegavam aos R$ 30 milhões.

A tendência é que os números caiam para algo em torno de R$ 11,5 milhões nesse formato excepcional.

Uma nova licitação deverá acontecer no curso deste exercício.

Isso, se não aparecer mais algum impedimento.

Do Carlos Santos

Moro quer separar presos mais perigosos dos menos perigosos

O plano de Sergio Moro é separar os presos mais perigosos dos presos menos perigosos.

Para fazer isso, segundo o Valor, ele estuda criar um cadastro nacional que permita classificar os detentos pelo grau de periculosidade.

“O objetivo é enfraquecer as facções criminosas que comandam presídios brasileiros, uma vez que a separação dos presos dificultaria o aliciamento dos que cometeram crimes de menor gravidade.”

quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Show com Anízio Junior marcará encerramento da 4.ª edição da Trilha do Gavião!

Quarta Trilha do Gavião acontecerá no domingo 27 de janeiro em Umarizal, e terá em seu encerramento grande festa com Anízio Junior e Cimar Show.

Entrada Gratuita

A equipe HardRoad de Umarizal-RN realizará no dia 27 de janeiro de 2019 a 4.ª edição da Trilha do Gavião, com um percurso bem misto a 4.ª trilha do Gavião terá num total de 65 KM de muitos obstáculos e bastante emoção. Trilheiros de Umarizal e diversas outras cidades do Rio Grade do Norte, Ceará e Paraíba já confirmaram presença no evento.

E para fechar com chave de ouro você vai curtir duas grades atrações: Anízio Junior e Cimar Show.

Totalmente grátis

Medida Provisória deve legalizar até oito milhões de armas hoje irregulares no Brasil

Após o presidente Jair Bolsonaro assinar na terça-feira odecreto que facilita a posse de armas de fogo no Brasil, o governo prevê editar até o final do mês uma medida provisória que poderá legalizar até 8 milhões de armas irregulares , segundo o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

A anistia que regularizará equipamentos ilegais, por meio de MP, em conjunto com o decreto assinado ontem, deve incrementar o volume de unidades em circulação. Atualmente, segundo dados obtidos pelo GLOBO, existem no país 870.043 mil armas de fogo com registro ativo.



terça-feira, 15 de janeiro de 2019

Aliados preveem reeleição de Maia NO 1º Turno

Animados após “conversas promissoras” com líderes de PSB, PDT e PCdoB, aliados já contam com a reeleição do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). “Vai ser no 1º turno”, diz um articulador. Com a provável adição dos 69 deputados de PSB, PDT e PCdoB, e as bancadas dos 12 partidos que declararam apoio oficial, Rodrigo Maia já pode contar com cerca de 330 votos, garantindo com folga a reeleição.

Do Claudio Humberto

Umarizal: Dr. Adalberto Amorim será entrevistado Hoje no programa Evidencia

Importante entrevista:

Líder em audiência em Umarizal, o programa Evidencia, apresentado por Agmar Dutra, recebe hoje (15) o Gastro Dr. Adalberto Amorim, para falar em doenças do estômago.  

Se ligue, curta e fique bem informado.


Após assumir BNDES, Joaquim Levy congela verba de publicidade

O novo presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy, decidiu congelar os gastos em publicidade para otimizar recursos da instituição, disse ele nesta segunda feira, 14. O presidente Jair Bolsonaro vem criticando os gastos de bancos públicos com publicidade.

A suspensão afeta cerca de 61 milhões de reais, quantia que seria destinada a diversos meios de comunicação que veiculam propaganda do BNDES. O valor previsto para este ano é praticamente o mesmo do ano passado. “Isso (verba de publicidade) tem que ser reavaliado”, disse Levy. “Estou chegando e isso é normal de fazer”, adicionou.

Os recursos do banco são destinados para gastos com publicidade institucional e mercadológica (produtos, linhas e programas de financiamento). “Queremos ver se o alvo da verba publicitária do banco está sendo alcançado”, disse Levy, frisando que não há prazo para a reavaliação ser concluída.

A revisão ocorre depois que o presidente Jair Bolsonaro publicou críticas no Twitter contra o que considera gastos elevados de bancos públicos, o BNDES incluído, com publicidade. Na época ele disse que “assim como já estamos fazendo em diversos setores, iremos rever todos esses contratos, bem como os do BNDES, Banco do Brasil, SECOM e outros.”

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Núcleo do Governo já discute mudanças em Ministérios

O núcleo duro do governo já discute quais caminhos traçar para uma provável minirreforma ministerial, a ser realizada ainda no primeiro semestre deste ano. O principal nome discutido foi o da ministra Damares Alves (Mulher e Direitos Humanos), mas até agora o consenso é de que ela fica no cargo. A permanência é atribuída à proximidade com Bolsonaro, além da grande popularidade com a base eleitoral.

Damares é considerada a “segunda mais popular” entre todos os ministros da Esplanada, perde apenas para Sérgio Moro (Justiça).

Sergio Queiroz, secretário de Direitos Humanos, área considerada estratégica para o sucesso da nova administração, deve ser substituído.

A ministra Damares foi defendida diretamente por Jair Bolsonaro no episódio do “menino veste azul e menina veste rosa”. Deve ficar.

Tradicionalmente governos realizam mudanças nos primeiros 100 dias de mandato. Collor, FHC, Lula e Dilma fizeram ‘minirreformas’ iniciais.

Cláudio Humberto

EUA: Trump não está disposto a ceder na construção do muro, conta senador

Uma senadora Republicana próximo ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, diz que o governante não dá sinais de ceder em seu plano de construir um muro ao longo da fronteira com o México, questão que causa uma paralisação parcial do governo que dura quatro semanas.

O senador Lindsey Graham diz que encorajou Trump, durante uma conversa telefônica neste domingo, a reabrir o governo por algumas semanas para tentar negociar um acordo com os democratas que quebrasse o impasse. Mas o parlamentar disse que Trump quer um acordo primeiro.
A líder Democrata na Câmara, Nancy Pelosi, também insistiu que Trump acabe com a paralisação antes que qualquer negociação ocorra.

Eu tentei ver se poderíamos abrir o governo por um período limitado de tempo para negociar um acordo”, disse Graham. O senador ressalta que Pelosi não concordaria com o financiamento do muro mesmo com a reabertura do governo. “O que ele deveria fazer? Apenas desista. Ele não vai ceder”, disse Graham.

A avaliação de Graham sugere que a paralisação poderia durar mais algumas semanas, se não meses, causando mais prejuízos financeiros aos 800 mil trabalhadores federais que estão ociosos ou obrigados a trabalhar sem remuneração.

Associated Press

sábado, 12 de janeiro de 2019

Governo negocia antecipação dos royalties com Banco do Brasil

A governadora Fátima Bezerra (PT) se reuniu na tarde desta sexta-feira (11) com a diretoria do Banco do Brasil, em Brasília, para tratar da operação de antecipação dos royalties do petróleo, referentes a 2019, buscando a regularização das finanças do Estado.

A governadora apresentou o pedido do governo ao gerente executivo, Emmanoel Rondon, e ao superintendente executivo, Euler Mathias. O Banco do Brasil vai analisar e apresentar uma proposta na semana que vem.

Estamos confiantes que teremos uma resposta positiva da diretoria do Banco do Brasil. Vamos analisar a proposta que eles vão oferecer e, se atender aos interesses do Rio Grande do Norte, em breve estaremos com esse crédito disponibilizado”, destacou a governadora.

Posteriormente, a chefe do Executivo estadual também abordou com a diretoria do Banco do Brasil a disposição do governo do Estado em discutir a retomada das operações de créditos consignados, mediante negociação da dívida do Estado. O governo se comprometeu a manter a regularidade dos repasses ao BB e em contrapartida pediu que sejam liberadas novas operações de crédito para os servidores.

Ofertas quentinhas no Mercadinho Miragem

Mini Encarte: MERCADINHO MIRAGEM: OFERTAS QUENTINHAS PARA SEU BOLSO, cujas ofertas valem de 12 a 14 de janeiro 2018.

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Representantes da FEMURN se reúnem com o Secretário da SEPLAN e acompanha repasse do ICMS aos Municípios

A Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte – FEMURN visitou o novo Secretário de Planejamento do Estado do Rio Grande do Norte (SEPLAN), Aldemir Freire, para acompanhar o repasse do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) pelo Governo do Estado aos municípios potiguares. A visita foi realizada pelo Presidente da Federação e Prefeito de São Paulo do Potengi, José Leonardo (Naldinho), acompanhado da vice-presidente da Federação e Prefeita de Riacho da Cruz, Bernadete Rêgo, na tarde desta quarta-feira, 09 de janeiro, na sede da SEPLAN, em Natal.

Durante a visita, os Prefeitos solicitaram atenção da SEPLAN para o repasse do ICMS aos municípios potiguares. O recurso é fundamental para que as gestões municipais consigam cumprir seus planejamentos financeiros e honrem seus pagamentos. Os gestores alertaram que a grave crise financeira vivida pelo país afeta fortemente os municípios, que sofrem com pouca arrecadação e, em sua maioria, sobrevivem de repasses.

Aldemir Freire e técnicos da Secretaria garantiram que o repasse do ICMS aos municípios segue sem qualquer interferência. Segundo a SEPLAN, eventuais valores que não foram repassados aos municípios na 1ª cota transferida, estarão presentes no próximo repasse.

Governo conta “cada centavo” para pagar funcionalismo

Em solenidade de posse de gestores de cinco órgãos da administração indireta do Governo do RN nessa quinta-feira (10), a governadora Fátima Bezerra (PT) prometeu priorizar “cada centavo” nos próximos meses, para pagamento e atualização de folha salarial.

Salário em dia irriga o meio circulante do estado. Fomenta também a atividade produtiva, da capital ao interior. Quando mais se atrasa, mais se amplia o nível de endividamento e enxugamento da moeda padrão da economia.

Financeiras oficiais e não oficiais seguem surfando na miséria coletiva.

A enorme maioria dos servidores é refém de empréstimos consignados, cheques especiais, cartões de crédito e agiotas. Muitos passarão meses e anos manietados por credores. Menos dinheiro em circulação.

Hoje (sexta-feira, 11) mesmo o governo estadual começa a cumprir acordo firmado na quarta-feira (9).

Do Carlos Santos

Viçosa: Prefeito Toinho reúne secretários municipais para avaliar ações de 2018 e definir metas para 2019

O prefeito Antonio Gomes de Amorim reuniu secretários na tarde desta quinta-feira (10 de janeiro) para uma breve avaliação das atividades de 2018 e definição de metas para 2019.

O prefeito iniciou a reunião agradecendo o empenho de todos os secretários e pedindo desculpas por algumas falhas, “a todos minha gratidão pela parceria para fazer Viçosa avançar” disse Toinho.

A crise financeira foi um dos assuntos em pauta, mas apesar da crise o município vem cumprindo em dia o pagamento tanto de servidores quanto de fornecedores, mas alertou que medidas preventivas devem ser tomadas para se evitar um impacto maior nas contas do Município precisando, portanto do empenho de todos com medidas preventivas para se evitar aumento de gastos solicitando a todas as Secretarias que realizem uma avaliação das medidas de contenção a serem adotadas.

Ao final o prefeito garantiu que manterá o ritmo de trabalho e investimentos mesmo com as dificuldades econômicas que enfrenta e sabendo que a crise econômica afeta diretamente o serviço público, mas Viçosa, com respeito e responsabilidade, seguirá fazendo o melhor pelo bem do povo de Viçosa.

Participaram da reunião, além do prefeito, os seguintes secretários: Vera Lúcia, Marcio Vagner, Dalva Vieira, Adalmária Lopes, Ubiraci Nobre, Suzete Sabino, Pedro Alcântara, Francisco Canindé e João Batista.

Moro vai reaparelhar polícias com dinheiro de bens do tráfico

O ministro Sergio Moro quer vender os bens do tráfico com o objetivo de obter recursos para reaparelhar a Polícia Federal e as estaduais.

Segundo o secretário nacional antidrogas, Luiz Roberto Beggiora, serão vendidos carros, alguns de luxo, além de aeronaves, celulares e até fazendas usadas para o plantio.

Os bens ainda estão sendo catalogados para cálculo do valor total, mas um leilão de parte desse patrimônio em São Paulo rendeu R$ 3 milhões em 2018, informa o “Estadão“.

Para facilitar a venda, será criado um site no qual o internauta poderá dar lances online. Avalia-se que atualmente essas ofertas são menores porque só participa dos leilões quem mora no Estado onde são realizados.


O Estadão

Rodrigo Maia faz campanha no RN em 17 de janeiro

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM) visitará o RN no dia 17 de janeiro para pedir os votos dos deputados federais eleitos pelo Estado para a sua reeleição.

Aqui, o único voto impossível para ele é o voto da deputada eleita Natália Bonavides. Maia fará uma visita de cortesia à governadora Fátima Bezerra (PT).

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Botão vermelho ou bomba nuclear: vem aí o fim da reeleição para cargos majoritários


Do Antagonista:

A bomba nuclear de Guedes

Paulo Guedes tem uma “bomba nuclear” para aprovar a reforma previdenciária, segundo a Época.
Trata-se do fim da reeleição para cargos majoritários.

“A cláusula já foi apelidada de ‘botão vermelho’ ou ‘bomba nuclear’.

Guedes tem dito a interlocutores em Brasília que Bolsonaro a aceitaria sem problemas, já que governa ‘para as futuras gerações’.

Seria um estímulo à ambição daqueles que almejam disputar não apenas a Presidência, mas também governos e prefeituras.

Ao apresentar a ideia ao ex-presidente Michel Temer e ao presidente do Supremo, ministro Dias Toffoli, ela foi vista como uma moeda de troca para conquistar o voto de deputados e senadores reticentes.”

O fim da reeleição é vital, com ou sem reforma previdenciária.