Subscribe:


 

terça-feira, 28 de maio de 2024

Cresce número de jovens que não estudam, não trabalham e nem procuram emprego

O número de jovens que não estudam, não trabalham e nem estão procurando emprego cresceu no último ano, aponta um levantamento do Ministério do Trabalho divulgado na manhã desta terça-feira (28).

O Brasil tinha 4 milhões de jovens entre 14 e 24 anos nesta situação no 1º trimestre de 2023, de acordo com a pesquisa. Esse número saltou para 5,4 milhões no mesmo período deste ano.

Deste grupo, cerca de 60% são mulheres, a maioria com filhos pequenos, e 68% são negros, segundo o estudo.

Na soma com os desocupados (3,2 milhões), que são aqueles que não estudam e nem trabalham, mas estão à procura de emprego, ao todo são 8,6 milhões no Brasil atualmente no grupo apelidado “nem-nem”. O termo “nem-nem” é usado para se referir ao grupo formado por quem não estuda nem trabalha, independentemente de estarem à procura de emprego ou não.

Levantamento mostra situação da população entre 14 e 24 anos no 1º trimestre de 2024:

Reprodução/G1

Os dados foram divulgados pela subsecretária de Estatísticas e Estudos do Trabalho, Paula Montagner, no evento “Empregabilidade Jovem” do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), em São Paulo (SP).

Para ela, os números ainda são um reflexo da pandemia de Covid-19 e podem ser explicados, em parte, pelo trabalho de cuidado que as mulheres exercem na sociedade.

Os jovens entre 14 e 24 anos representam 17% da população brasileira (34 milhões de pessoas), e a maioria deles (39%) vive na região Sudeste, sendo metade no estado de São Paulo.

Com informações da PNAD Contínua, do IBGE, o levantamento mostra que a taxa de participação do grupo no mercado de trabalho ainda não retornou ao patamar de 2019, que era de 52,7% no 1º trimestre. No mesmo período deste ano, a porcentagem é de 50,5%.

A taxa representa os jovens ocupados e desocupados, que estão à procura de emprego. Quem não entra nas estatísticas são aqueles que estão fora do mercado, por realizarem outras atividades, como trabalhos de cuidado ou apenas estudos.

Fonte: G1

Gestão desastrosa de Marianna Almeida favorece volta de Leonardo Rêgo em Pau dos Ferros

A gestão da prefeita de Pau dos Ferros (RN), Marianna Almeida, que busca a reeleição, está sendo amplamente considerada como desastrosa pelos moradores e críticos. Os serviços básicos do município, incluindo limpeza, infraestrutura, saúde, transporte e educação, estão operando de maneira precária, levando a cidade a enfrentar dias difíceis sob a administração atual.

Essa situação tem sido um ponto de apoio significativo para a oposição, que vê a volta do ex-prefeito Leonardo Rêgo como uma oportunidade para recuperar a cidade das dificuldades enfrentadas. Leonardo Rêgo, que tem um histórico administrativo mais favorável aos olhos de muitos eleitores, surge como um candidato forte e com reais chances de vitória nas próximas eleições.

Davi admite que usou dinheiro de doações para o RS para se deslocar até o Estado

Davi Brito, 21, usou parte do dinheiro das doações destinadas ao Rio Grande do Sul para se deslocar até o estado. No meio do mês de maio, o campeão do BBB 24, que faturou quase R$ 3 milhões no programa, viajou até Canoas, onde ajudou os afetados pelas enchentes.

Em entrevista para O Globo, o baiano admitiu que não tinha o dinheiro necessário para realizar essa viagem. “Inicialmente, pedi Pix para as pessoas porque realmente ainda não tinha condições financeiras de ir para o Rio Grande do Sul com os meus próprios meios”, explicou.

“Mas consegui uma boa arrecadação. Consegui ajudar muitas pessoas fornecendo alimentação, água mineral e outros suprimentos necessários para que não passassem fome ou necessidade. Distribuí colchões, alimentação, água mineral. Fizemos compras para ajudar as bases e unidades de saúde que estavam precisando”, garantiu.

É algo que eu gosto de fazer. É amar ao próximo como a nós mesmos. E foi isso que me incentivou. Eu ajudei em tudo: trabalhando, cozinhando, entrando em barcos para salvar vidas, distribuindo mercadorias…”, completou Davi.

CNN Brasil

domingo, 26 de maio de 2024

Pau dos Ferros: Leonardo vai com tudo pra cima de Marianna

A candidatura à reeleição da prefeita Marianna Almeida em Pau dos Ferros (RN) enfrenta desafios importantes devido ao seu alinhamento com a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra. A gestão de Fátima Bezerra tem sido amplamente criticada e considerada um desastre por muitos, oferecendo um ponto de ataque para a oposição.

A oposição está apostando no ex-prefeito Leonardo Rêgo, que tem chances reais de vitória. Rêgo, com seu histórico de gestão e apoio popular, se apresenta como uma alternativa forte e viável para os eleitores insatisfeitos com a atual administração e o governo estadual.

Este cenário coloca Marianna Almeida em uma posição delicada, tendo que defender sua administração enquanto lida com as críticas associadas ao seu alinhamento político com Fátima. A campanha eleitoral promete ser intensa, com a oposição explorando o descontentamento com a gestão estadual como uma estratégia central para conquistar votos.

 

Sem soja e com Milei, vendas de produtos brasileiros para a Argentina despencam 30%

Contando com uma colheita robusta de soja neste ano e ainda sob os efeitos do ajuste promovido pelo governo de Javier Milei, a Argentina diminuiu drasticamente a compra de produtos brasileiros.

De janeiro a abril, as exportações para o país caíram 29,9% ante o mesmo período de 2023, totalizando US$ 3,91 bilhões (R$ 20,1 bilhões).

Com isso, os vizinhos, que são os terceiros principais compradores dos produtos brasileiros, se aproximaram do quarto colocado, a Holanda, cujas compras somaram US$ 3,5 bilhões (R$ 18 bilhões).

Os dados são do Comex Stat, do Mdic (Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços).

Folha de S. Paulo

quinta-feira, 23 de maio de 2024

Município de Olho D'água do Borges está entre as piores taxas de alfabetização do RN

O IBGE divulgou nesta sexta-feira (17), uma lista das cidades com as maiores e menores taxas de analfabetismo no país. As informações fazem parte do Censo 2022 - Alfabetização.

No Rio Grande do Norte, depois de Parnamirim e Natal, as cidades com melhor desempenho são Extremoz, Mossoró, São Gonçalo do Amarante, Caicó, Tibau do Sul, Acari, Tibau e Nísia Floresta.

Como era de se esperar, de acordo com a lista divulgada pelo IBGE, o Município de Olho D’água do Borges aparece em 9º lugar, entre as nove piores taxas de alfabetização do Rio Grande do Norte.

De acordo com o censo do IBGE, temos 25,15% de analfabetos. Isso significa dizer que, 1 de cada 4 pessoas do município de Olho D’água do Borges, não sabe ler ou escrever.

Com base nos dados divulgados pelo IBGE, o município Olho D’água do Borges tem quase o dobro da média estadual, que é 13,9%, e quase quatro vezes a média nacional que é 7% de analfabetos. 

Não podia ser diferente o resultado, pois ao longo dos sete anos e cinco meses da gestão Maria Helena, não foram feito investimos em estrutura física adequada, como por exemplo, a conclusão da obra da Escola municipal Antônio Carlos, que continua inacabada.

Os alunos estudam em salas de aulas improvisadas e inadequadas, sem espaços e ventilação na sua maioria, professores efetivos sem receber reajuste do piso salarial a mais de dois anos, um grande número de professores temporários, contratados de forma irregular, ganhando um salário mínimo, e sem renumeração no recesso escolar, descaso com o transportes escolar, entre outros tantos absurdos. Ou seja, é um descaso total com a educação do município.

Enquanto a taxa de alfabetização do município despenca e chega aos piores índices do Rio Grande do Norte, a prefeita Maria Helena faz turismo em Brasília acompanhada de familiares, gastando o dinheiro público, como se estivesse tudo normal na sua gestão.

A gestão Maria Helena está um verdadeiro desastre e caminha a passos largos para o fundo do poço. Nada que esteja tão ruim, que não possa piorar!



Bets que já atuam no Brasil têm até o fim do ano para se regularizar

As bets que já atuavam no Brasil em 29 de dezembro do ano passado, quando foi publicada a lei que regulamenta o setor, têm até o fim de 2024 para conseguir a autorização de exploração comercial das apostas esportivas da Secretaria de Prêmios e Apostas do Ministério da Fazenda. Senão, estarão sujeitas a penalidades a partir de 2025.

A secretaria publicou nesta quarta-feira a portaria com as regras para as casas de apostas pedirem e obterem a autorização. O prazo para analisar os pedidos é de até 180 dias, mas o órgão da Fazenda estabeleceu que, como regra de transição, as empresas que pedirem autorização nos próximos 90 dias terão resposta ainda este ano.

Além de comprovar sua capacidade econômico-financeira, as bets autorizadas deverão ter sede e canal de atendimento aos apostadores no Brasil, seguir políticas de prevenção à lavagem de dinheiro e ao financiamento ao terrorismo, de jogo responsável, de integridade das apostas e de prevenção à manipulação de resultados. Também precisarão aderir a normas específicas de publicidade e propaganda.

Se atenderem todos os critérios estabelecidos na portaria e pagarem a outorga de 30 milhões de reais à União, as casas de apostas receberão autorização para explorar até três marcas comerciais em território nacional pelo prazo de cinco anos.

Radar – VEJA

quarta-feira, 22 de maio de 2024

Professores da UFRN rejeitam proposta de reajuste salarial do Governo em assembleia; decisão vai a plebiscito

A maioria dos professores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) decidiu nesta terça-feira (21) rejeitar a última proposta apresentada pelo Governo Federal para reajuste salarial. A categoria está em greve desde 22 de abril.

A decisão dos educadores em rejeitar a proposta foi apertada, com 222 educadores contrários à proposta e 182 foram favoráveis. Outros 10 professores se abstiveram na votação.

A decisão aconteceu em assembleia do Adurn-Sindicato, que representa os professores da UFRN, no auditório Otto de Brito Guerra, localizado na reitoria do Campus Central da UFRN.

Apesar disso, a categoria deliberou que a decisão final será dada em um plebiscito, que será realizado das 8h desta quarta-feira (22) às 17h da quinta-feira (23), conforme prevê o Estatuto do Adurn-Sindicato. O processo se dará por meio de sistema eletrônico, através do site da entidade: www.adurn.org.br.

Proposta do governo

Na dia 15 de maio, o Governo Federal informou que apresentou sua última proposta visando ao encerramento da greve.

A proposta atual prevê diferentes níveis de reajuste para a categoria. Os que ganham mais receberiam um aumento de 13,3% até 2026. Os que ganham menos, de 31%, até o fim do governo de Luiz Inácio Lula da Silva.

Portal 98 FM Natal

Sergio Moro: por unanimidade, TSE rejeita recursos e mantém mandato do senador

Por unanimidade, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitou, nesta terça-feira (21), recursos contra a decisão que absolveu o senador Sergio Moro (União Brasil-PR).

Na prática o senador vai manter o mandato parlamentar.

Prevaleceu o voto do relator, ministro Floriano de Azevedo Marques. Votaram na linha do relator os ministros André Ramos Tavares, Cármen Lúcia, Nunes Marques, Isabel Gallotti, Raul Araújo e o presidente da Corte, Alexandre de Moraes.

Após a decisão, Moro publicou uma mensagem em uma rede social onde comemorou a decisão. Segundo ele, diante do resultado, os votos que recebeu foram respeitados.

É possível recorrer no próprio TSE com os chamados embargos de declaração ou, se houver questão constitucional, ao Supremo Tribunal Federal (STF).

G1

terça-feira, 21 de maio de 2024

Robinson Faria: “Mandato burguês e por vaidade pessoal”

O mandato do deputado federal Robinson Faria tem sido alvo de críticas contundentes pela sua aparente falta de relevância e efetividade para o Rio Grande do Norte (RN). Considerado por muitos como um dos piores governadores da história do estado, Faria parece repetir na Câmara dos Deputados um desempenho aquém das expectativas.

Desde que assumiu seu mandato como deputado federal, ele tem sido caracterizado por uma atuação lenta e sem grandes resultados. “É de uma lerdeza sem tamanho,” comentou um analista político local, refletindo a frustração de muitos potiguares que esperavam mais ação e comprometimento com as necessidades do estado.

Robinson Faria, conhecido por seu estilo ‘burguês e pela vaidade pessoal’ que parece guiar sua carreira política, tem pouco a mostrar em termos de conquistas legislativas significativas. “Robinson sempre foi um burguês que faz da política uma vaidade pessoal. Seu mandato é irrelevante para o estado,” afirmou um crítico da sua gestão.

Do Robson Pires

TSE retoma nesta terça (21) julgamento que pode cassar Moro; Moraes quer terminar análise hoje

O julgamento que pode cassar o mandato do senador Sergio Moro (União-PR) será retomado, nesta terça-feira (21), como único item da pauta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A sessão está marcada para as 19h.

Esta será a segunda data em que a Corte se debruça sobre o tema. No final da manhã da última quinta-feira (16), a análise do caso foi interrompida por questão de tempo — o Supremo Tribunal Federal (STF) tinha sessão no período da tarde.

Segundo Moraes, o julgamento terminará nesta terça. “Iniciaremos e terminaremos o julgamento terça, porque terça nós temos a vantagem de não ter sessão no Supremo de ‘madrugada’, né? Então, terça-feira terminaremos o julgamento”, disse o presidente do TSE.

CNN Brasil

segunda-feira, 20 de maio de 2024

Sangue novo para oxigenar o legislativo de Umarizal

No momento de pré-campanha em ano eleitoral, ao qual postulantes colocam seus nomes para disputa ao legislativo, e em nível de bastidores na terra do Gavião, um nome que começa a ser ventilado e com grande aceitação, é o do jovem militante Gabriel Azevedo.

Esse rapaz de origem humilde tem ganhado visibilidade e grande aceitação entre a juventude umarizalense.

Gabriel que tem suas raízes na zona rural do município, sendo um defensor das políticas públicas, vem trazendo uma nova proposta de governança para o legislativo de Umarizal.

Seu nome surge diante da ausência de representação jovem na câmara e da necessidade de mandatos com participação popular.

O pré-candidato tem como objetivo um projeto político que vislumbra a construção de um novo olhar para a comunidade LGBTQIA+, população negra, classe trabalhadora, para as donas de casa, agricultura familiar e a causa animal.

Esse nome tem apresentado propostas que se alinham ao compromisso com as minorias, e pessoas menos favorecidas, onde sua voz será ecoada enquanto mecanismo de luta pelo fortalecimento da democracia e redução da desigualdade social.

Allyson perde aliados e vê pré-campanha esquentar

A aliança política construída em torno da eleição do prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra (União Brasil), vem sendo toda desfeita ao longo de três anos e meio do primeiro mandato. Às vésperas da campanha ao pleito de 6 de outubro, que começa após 5 de agosto com o fim do prazo de realizações das convenções partidárias para escolha de candidatos aos cargos de prefeito e vereador em 167 municípios do Rio Grande do Norte, o chefe do Executivo tentará a reeleição sem apoios de cinco aliados de primeira hora na campanha de 2020, a começar do rompimento político do vice-prefeito João Fernandes de Melo Neto, o “Fernandinho das Padarias”, ocorrido já no primeiro ano de gestão, que era filiado ao PSD e ingressou no MDB.

Em dezembro de 2021, o prefeito Allyson Bezerra demitiu todas as pessoas indicadas por “Fernandinho das Padarias”, que hoje não tem nem gabinete de trabalho, dos cargos que ocupavam na vice-prefeitura, inclusive sua sogra Francisca Nilza Batista.

O motivo seria o fato do prefeito de Mossoró discordar do posicionamento do vice de tentar alçar voos políticos. “Não resolvi ser pré-candidato a deputado estadual do nada, apenas entendi que poderia ofertar bem mais ao cidadão mossoroense do que sentado na cadeira de vice-prefeito”, chegou a dizer em nota, à época, “Fernandinho das Padarias”, que terminou disputando eleição à Câmara dos Deputados, obtendo 5.626 votos no pleito de 2022.

A dissidência do vice-prefeito abriu uma sequência de perdas de apoios, inclusive na Câmara Municipal de Mossoró, onde o prefeito Allyson Bezerra vangloria-se de ter filiado 14 vereadores em março deste ano, uma maioria que chegou a ser de 19 de uma bancada de 23 vereadores na Casa, no início da gestão em 2021.

Eleitos ao lado do prefeito para o primeiro mandato legislativo pelo mesmo partido, o Solidariedade, os vereadores Paulo Igo (MDB) e Tony Fernandes (Avante) foram os primeiros a sair da bancada da situação, pois já vinham discordando de algumas medidas administrativas do prefeito em fins de 2021.

Mas o estopim para o rompimento político veio entre fevereiro e março do ano seguinte, segundo Fernandes: “Não concordamos com a votação e aprovação dar reforma previdência sem ouvir os servidores municipais”.

No entanto, Fernandes disse “houve mesmo um rompimento político e administrativo”, porque o próprio prefeito o “pediu para desistir da campanha” a deputado estadual em 2022, quando teve 19.405 votos, dos quais 15.647 sufrágios somente em Mossoró, pouco menos do que o candidato apoiado pelo prefeito, o ex-vereador Soldado Jadson, que obteve 17.681 votos dos mossoroenses.

Já o primeiro sinal de abandono dos aliados de primeira hora foi dado em março de 2021, quando Allyson Bezerra deslocou o ex-prefeito de Olho d’Água dos Borges e ex-candidato a governador Breno Queiroga da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Meio Ambiente, Urbanismo e Serviços Urbanos para uma recém-criada pasta extraordinária, praticamente sem orçamento, a de Projetos e Programas de Governo, onde ficou, mesmo assim, até março de 2022, quando saiu para tentar disputar o governo do Estado pelo partido Solidariedade, que terminou indicando o ex-vice-governador Fábio Dantas.

Breno Queiroga não tinha verba e nem birô”, recorda o vereador Tony Fernandes, que se lançou pré-candidato a prefeito de Mossoró e já tem o apoio do vereador Paulo Igo, o qual havia lhe apoiado para deputado estadual em 2022.

Além do engenheiro Breno Queiroga, o prefeito Allyson Bezerra perdeu aliados políticos sem mandatos, como o empresário Tião Couto, que chegou a disputar a prefeitura de Mossoró e o Governo do Estado, bem como o ex-vereador Genivan Vale, que estava decidido a cuidar de negócios na iniciativa privada, mas atendendo apelo do presidente estadual do Partido Liberal (PL), senador Rogério Marinho, lançou-se pré-candidato a prefeito de Mossoró.

A mais recente deserção do grupo político do prefeito foi a do presidente da Câmara Municipal de Mossoró, vereador Lawrence Amorim (PSDB), cuja pré-candidatura a prefeito no segundo maior colégio eleitoral do Estado (184.488 eleitores), atrás de Natal (578.625), foi lançada pelo presidente estadual do partido e da Assembleia Legislativa, deputado estadual Ezequiel Ferreira, que pediu aos institutos de opinião pública a inclusão do seu nome nas pesquisas de intenções de votos por ocasião da visita do presidente da Executiva Nacional, Marconi Perillo, ao Rio Grande do Norte em 10 de maio.

Em “live” nas redes sociais na segunda-feira (13), Lawrence Amorim disse, claramente, que foi “chutado” por Allyson Bezerra, que negou qualquer proposta de acordo sobre a negociação de uma dívida de R$ 11 milhões da Câmara com o município, em razão de mudanças de índice de duodécimo (valor a ser repassado mensalmente ao legislativo), que caiu de 6% para 5%.

Da Tribuna do Norte

Chuva no Rio Grande do Sul: sobe para 157 o número de mortos em tragédia; 88 pessoas estão desaparecidas


O número de mortos pelas chuvas no Rio Grande do Sul subiu para 157 neste domingo (19), de acordo com o balanço divulgado pela Defesa Civil estadual às 18h. Ao todo, há ainda 88 pessoas desaparecidas — dado que apresenta uma diminuição em relação ao sábado. As autoridades estimam que a catástrofe tenha afetado a vida de 2,3 milhões de moradores de 463 municípios até agora — 93% do total. O número de desalojados subiu para 581.633 pessoas, e 76.955 em abrigos.

Até as 18h da manhã deste domingo, 82.666 pessoas haviam sido resgatadas, além de 12.215 animais. O efetivo empregado nos resgates foi de 27.716 pessoas, além de 4.061 viaturas, 21 aeronaves e 302 embarcações, segundo o governo.

Como estão os níveis dos rios no Rio Grande do Sul?

O balanço informa também que quatro dos dez principais rios do estado seguem com níveis acima da cota de inundação. No Guaíba, a elevação diminui gradativamente.

Lago Guaíba – Porto Alegre – 4,28 metros (cota inundação 3,00 Centro)

Rio Gravataí – Gravataí – 5,61 metros (cota de inundação 4.75)

Rio dos Sinos – São Leopoldo – 5,96 metros (cota inundação 4,50)

Rio Caí – Feliz – 3,15 metros (cota inundação 9,00)

Rio Uruguai – Uruguaiana – 10,10 metros (cota inundação 8,50)

(Dados atualizados às 21h de sábado no DRHS/Sema-RS)

O Globo

sexta-feira, 17 de maio de 2024

Exportações do RN crescem 67,3% no 1º quadrimestre do ano

O Rio Grande do Norte apresentou um desempenho positivo no mercado internacional nos primeiros quatro meses de 2024. Ao avaliar o desempenho acumulado de janeiro a abril entre 2023 e 2024, o Estado teve um crescimento de 67,3% nas exportações, demonstrou uma expansão significativa de sua capacidade produtiva e uma demanda crescente por seus produtos nos mercados internacionais. Na soma do quadrimestre, o envio de mercadorias ao exterior atinge US$ 312,19 milhões.

As importações também apresentaram um crescimento de 53,6%, refletindo o fortalecimento das operações econômicas internas que dependem de insumos estrangeiros. O Estado importou US$ 155,10 milhões em mercadorias de diversos países. Com isso, o saldo da balança comercial ficou em US$ 157,08 milhões. No ano passado esse saldo foi de US$ 85,64 milhões.

Somente no mês de abril, a corrente de comércio (soma total do valor das exportações e importações) alcançou US$ 103,977 milhões, impulsionado significativamente pelas exportações, especialmente de fuel oil e gasóleo (óleo diesel). Os setores exportadores geraram um faturamento de US$ 85,954 milhões, com aumento de 100,6% em relação mês anterior, enquanto as importações, apesar de representativas, não superaram os valores exportados, totalizando US$ 40,918 milhões, com aumento de 27,6% em relação a março deste ano. Com isso, a balança comercial potiguar registrou um superávit de US$ 45,035 milhões.

Tribuna do Norte

Alexandre de Moraes solta Marcelo Câmara, ex-assessor de Bolsonaro

O ministro Alexandre de Moraes (STF) determinou, nesta quinta-feira (16/5), a soltura do coronel do Exército Marcelo Câmara, ex-assessor de Bolsonaro. Preso no Setor Militar Urbano, ele deixará a cadeia sob a condição de usar tornozeleira eletrônica.

Câmara também está proibido de deixar Brasília e deve se apresentar semanalmente ao Juízo da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal. Moras determinou ainda que o militar terá seu porte de arma de fogo e registro CAC cancelados e não poderá se comunicar com outros investigados no caso, mesmo que por intermédio de terceiros.

Marcelo Câmara foi preso em 8 de fevereiro deste ano por ordem de Alexandre de Moraes, como parte da operação Tempus Veritatis (Hora da Verdade), da Polícia Federal. O inquérito conduzido pelo ministro do STF investiga suposta tentativa de golpe de Estado durante o governo Bolsonaro.

quinta-feira, 16 de maio de 2024

CBF suspende campeonato Brasileiro

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou, na noite desta quarta-feira (15), a suspensão das rodadas 7 e 8 da Série A do Campeonato Brasileiro. A decisão foi tomada por conta da situação envolvendo os clubes do Rio Grande do Sul, estado que sofre desde o fim de abril com fortes chuvas e seus impactos.

O pedido de adiamento das rodadas foi feito por 15 dos 20 clubes da Série A. A competição está suspensa até o dia 27 de maio. De acordo com a CBF, não houve comunicação formal dos seguintes clubes: Bragantino, Corinthians, Flamengo, Palmeiras e São Paulo.

A sétima rodada do Brasileirão seria disputada de sábado (18) a segunda-feira (20). Já a oitava seria disputada entre os dias 25 e 26 de maio.

Em 7 de maio, já por conta de sucessivos adiamentos em razão das chuvas no RS, a CBF suspendeu por 20 dias, até o dia 27, os jogos de Grêmio, Internacional e Juventude em todos os torneios nacionais, seja no feminino ou no masculino.

Julgamento da cassação do mandato do senador Sergio Moro começa hoje no TSE

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) começa a julgar nesta quinta-feira (16) ações que pedem a cassação do senador Sergio Moro (União Brasil-PR). O tribunal também reservou mais um dia para a conclusão do julgamento de Moro, em 21 de maio. Os processos, analisados em conjunto, apontam abuso de poder econômico, uso de caixa dois e utilização indevida de meios de comunicação durante a pré-campanha eleitoral de 2022.

Na prática, o julgamento iniciará com a leitura do relatório. Depois, as defesas de Moro e de acusação se manifestam. Na sequência, o Ministério Público Federal apresenta parecer e o julgamento prossegue com o voto do relator. Em seguida votam os demais ministros.

O julgamento de Moro no TSE abrirá precedente sobre a atuação da Justiça Eleitoral quando houver gastos de candidatos no período anterior à campanha eleitoral.

R7

quarta-feira, 15 de maio de 2024

Deputado Neilton recebe o prefeito Raimundo Pezão em seu gabinete e propõe Lei Estadual para o Rasta-Pé do Gavião

Nesta quinta (15) o Deputado Estadual, Neilton Diógenes, recebeu em seu gabinete o Prefeito de Umarizal, Raimundo Pezão, para discutir e protocolar o Projeto de Lei que irá reconhecer com o título de Patrimonio Histórico e Cultura do Estado do RN, o Rasta-Pé do Gavião.

"Uma festa tradicional, que marca o encerramento do período junino em nossa região e, reuni toda a nossa região oeste na cidade de Umarizal. Fomentando a cultura e a economia dessa cidade que vem se tornando polo regional sob a administração de Raimundo", destacou Neilton.

A PL seguirá o rito processual da Casa Legislativa para ter sua apreciação nas comissões e posteiormente, no plenário da casa. Para o prefeito Raimundo, "é uma honra ver a grandiosidade que o Rasta-Pé tem tomado e como importante vem se tornando evento para a região".

Lula demite Jean Paul Prates; Magda Chambriard será a próxima presidente da Petrobras

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva comunicou ao presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, que ele está fora da empresa.

Prates de despediu nestas tarde de seus diretores e comunicou à equipe que Magda Chambriard será a nova presidente da Petrobras. Ela foi diretora-geral da Agência Nacional de Petróleo (ANP) no governo Dilma Rousseff.

O CEO da Petrobras enfrentou nos últimos meses intensa fritura interna no governo, acumulando disputas com o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, e com o ministro da Casa Civil, Rui Costa.

Em abril, o presidente Lula chegou a convidar o presidente do BNDES, Aloizio Mercadante, para assumir o comando da petroleira. Mas pesou a favor da permanência de Prates o apoio do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, e do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG).

Blog da Malu Gaspar, O Globo